Apenas 31 das 100 marcas que estavam na 1º Best Global Brands organizado pela Interbrand seguem na lista de 2019 e apenas Coca-Cola e Microsoft conseguiram se manter entre as 10 primeiras ao longo deste período.

A relação entre consumidor e marca tem se transformado muito rapidamente. As novas gerações de consumidores esperam que as marcas tenham personalidade e se envolvam em causas em busca de um mundo melhor. E nem sempre as grandes marcas têm sido capazes de responder na mesma velocidade.

Pessoas estão se transformando mais rápido do que as marcas

Os consumidores estão mais conectados, melhor informados e mais exigentes do que nunca. Com isso, fatores como a “abundância de opções”, a “queda da lealdade”, a “rapidez da adoção de novas soluções” e a “mudança nos níveis de expectativas” quando combinados criam um ambiente competitivo que se transforma em alta velocidade.  

Por isso, uma das conclusões da Interbrand é que não se deve fixar o olhar apenas nos estudos realizados nos laboratórios de Pesquisa e Desenvolvimento das empresas. É preciso acompanhar as discussões, buscas, hábitos e demandas das pessoas.

Mudanças emblemáticas

O estudo da Interbrand destaca que se as melhorias incrementais em serviços e produtos (que refletem diretamente na imagem de marca) foram importantes nas últimas décadas. Mas no mundo de hoje, disruptivo, elas já não são suficientes. O economista Clovis Travassos, sócio da Prosa Press destaca que “temos visto empresas focadas em fazer verdadeiras revoluções em mercados e indústrias. Nos últimos anos vimos diversos exemplos tais como Uber x Táxi, Netflix x TV tradicional, Spotify x álbuns físicos, etc que resultaram em maneiras completamente diferentes de consumir certos serviços ou produtos. Tudo isso criou novas referências e expectativas por parte dos consumidores”.  

Destaques de 2019

A partir do estudo brasileiro e do internacional, selecionamos alguns destaques:

  • As 100 marcas mais valiosas do mundo juntas valem $2,1 trilhões de dólares
  • A lista é liderada pela Apple ($234 milhões) e seguida por Google, Amazon e Microsoft
  • A versão brasileira do estudo mostra que as nossas 25 marcas mais valiosas juntas valem R$129 bilhões, valor 8% maior do que no ano anterior. O ranking brasileiro é liderado pelo Itaú (R$33,5 bilhões) e seguido por Bradesco e Skol.

Outros Destaques do Estudo

Best Global Brand 2019 – Interbrand

O valor total das 100 marcas incluídas no ranking de 2019 totalizou mais de U$2,3 trilhões:

Fonte: Relatório Best Global Brands 2019

A imagem a seguir mostra as 25 marcas que se destacaram na edição de 2019 do estudo “Best Global Brands” realizado pela Interbrand.

Fonte: Relatório Best Global Brands 2019

Marcas Brasileiras Mais Valiosas 2019 – Interbrand

A imagem a seguir mostra as 25 marcas brasileiras que se destacaram na edição de 2019 do estudo “Best Global Brand” realizado pela Interbrand.

Fonte: Marcas Brasileiras mais Valiosas 2019

10 atributos de força da marca

A Interbrand elencou os principais atributos que fazem com que uma marca seja relevante:

Leia Mais:

Manifesto de marca para inspirar

Branding: construção e gestão de marca de um negócio de sucesso

O que é Branded Content e como ele pode ajudar a sua marca

TAG

Prosa Press

VEJA TAMBÉM