Realidade virtual: como usar essa tecnologia em seus treinamentos

Entenda o que é gamificação e como usar na educação corporativa
29 de novembro de 2018
Como usar os tutoriais em vídeo como material de treinamento?
30 de novembro de 2018

Realidade virtual: como usar essa tecnologia em seus treinamentos

Já pensou em usar a tecnologia para melhorar os treinamentos da sua equipe?

Hoje em dia, isso é muito comum. Uma das grandes estrelas nesse contexto é a realidade virtual, que traz, em uma dinâmica vívida, uma experiência imersiva para os participantes.

Com a inovação, muitos negócios colhem os frutos em treinamentos voltados a equipes internas. Os ganhos relacionados ao desempenho são incríveis: a realidade virtual pode revolucionar o setor de recursos humanos (RH) da sua empresa.

Quer saber como? Continue a leitura e descubra, neste post, o que é necessário para implementar essa solução! Vamos lá?

Qual a diferença entre as realidades virtual e aumentada?

Antes de mais nada, é preciso salientar que tanto a realidade virtual quanto a aumentada são simulações, mas há diferenças cruciais entre elas. Enquanto a primeira leva o usuário a um outro universo, como nos filmes Matrix e Tron, a segunda inclui elementos digitalizados na realidade, como no jogo Pokémon GO e nos filtros do Instagram.

Quais os benefícios da realidade virtual em treinamentos?

Como a realidade virtual cria ambientes artificiais, ela modifica a percepção das pessoas em relação ao contexto em que elas estão. Assim, abre-se um novo leque de oportunidades para treinamentos corporativos.

Isso porque situações podem ser previstas e simuladas, o que ajuda a evitar erros e facilitar a compreensão dos usuários. Veja, a seguir, algumas vantagens que essa tecnologia pode oferecer.

Criação de cenários

Os cenários digitais apresentam-se como solução para algumas dificuldades que existem nos treinamentos físicos. Em vez de gastar com a contratação de profissionais e cenários para simular situações, elas podem ser formuladas intencional e digitalmente.

Algumas circunstâncias em que a realidade virtual é comumente utilizada incluem simulações de:

  • cirurgias, na área médica;
  • combates, na área militar;
  • construções, na área de arquitetura;
  • veículos, na área automobilística.

Feedback imediato

Horas de análise manual para coletar dados de treinamento podem ser substituídas pela realidade virtual. Afinal, com ela é possível criar relatórios instantaneamente para que os participantes tenham respostas imediatas sobre seu desempenho.

O ganho de agilidade significa, também, que os colaboradores serão capazes de absorver as informações de maneira rápida e direta. E as dúvidas podem ser esclarecidas no momento em que ocorrerem.

Aplicação massiva

A realidade virtual pode ser aplicada em grandes grupos de indivíduos de maneira simultânea. Se antes era necessário um ambiente físico ou o agendamento de horário para os treinamentos, a tecnologia torna possível a execução da tarefa de maneira muito mais simples.

Reutilização

Quando novos profissionais forem contratados, não há necessidade de refazer todo o treinamento. Basta utilizar o que foi criado anteriormente com a realidade virtual. Isso reduz os gastos e faz que todos os colaboradores tenham experiências semelhantes, que podem ser segmentadas de acordo com o desempenho em circunstâncias iguais.

Se bem utilizada, a realidade virtual tem muito a oferecer. Por isso, trata-se de uma tecnologia que pode representar o futuro dos treinamentos corporativos nas organizações.

Quer saber como aplicar a realidade virtual nos treinamentos da sua empresa? Entre em contato conosco para saber como podemos ajudá-lo a percorrer essa jornada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.