Branding: construção e gestão de marca de um negócio de sucesso

Soluções inovadoras transformam o agronegócio
17 de setembro de 2018
Ensino a distância no Brasil: uma solução fundamental e em crescimento
17 de setembro de 2018

Como construir uma marca?

 

 

 

Você já refletiu sobre a imagem da sua empresa? Será que ela é bem reconhecida por colaboradores e clientes? Se esse assunto nem passou pela sua mente, considere aplicar uma gestão de marca em sua organização.

Existe uma flor chamada jasmim-da-noite. A sua essência está em exalar um cheiro maravilhoso, especialmente durante a noite. Esse pequeno detalhe a faz conhecida mundialmente.

Vamos imaginar que esse cheiro é a sua marca, sua qualidade no mais alto grau. Mas, afinal, o que fazer para realizar um trabalho primoroso como o da flor que encanta as pessoas com o seu perfume? Um branding!

Entenda agora como esse conceito pode revolucionar a sua marca.

 

 

O que é branding?

O termo branding, ou brand management, significa gestão de marcas. Gerir, nesse caso, é no sentido de tornar sua marca conhecida e reconhecida positivamente no coração do seu público-alvo.

O conceito envolve ações, planos e estratégias que consolidam uma marca no mercado. Alguns exemplos de ações são criação de logotipo, identidade visual e produção de branded content.

A ideia principal é conectar o valor da marca à mente do cliente e, com isso, despertar um sentimento de empatia entre ele e a organização.

Um dos princípios do conceito é criar uma identificação sólida com o cliente, de forma que ele considere que a escolha da marca está diretamente relacionada à sua personalidade.

 

 

O que é marca?

Mais do que um nome, um símbolo ou um desenho, a marca deve ser entendida em um conjunto. Pode simbolizar a identidade de um produto, ou seja, é algo que deve ficar marcado na mente do cliente e ser diferenciado da concorrência.

É importante não confundir marca com branding, apesar de serem conceitos totalmente relacionados. Enquanto branding envolve as ações de gestão, a marca reflete a perspectiva do cliente em relação à empresa.

Um logo, um nome ou um mascote podem contribuir para uma identidade, mas não podem ser considerados como uma marca propriamente dita. O que define a marca é a representatividade na mente das pessoas.

Talvez você pense em uma marca de refrigerantes ou de automóveis de uma maneira muito natural. Frases como “ainda vou ter um Honda” ou “quero uma Coca-Cola” refletem a conexão com a marca, mais do que com o produto em si.

É bem provável que você use o termo “Gillette” ao dizer que comprou uma lâmina de barbear. Sem você perceber, a sua mente faz uma associação com a marca, e não com o produto.

 

 

Como construir uma marca?

Esse é um processo longo e minucioso até chegar ao DNA perfeito. Primeiramente, você deve passar pela etapa de briefing, que consiste em coletar dados. Realize entrevistas, grupos focais, troque e-mails, ou seja, levante o máximo de informações possíveis.

Ainda nessa etapa, busque inspirações. Identifique as ações de sucesso e insucesso, e separe as experiências mais próximas do seu objetivo.

Após isso, parta para a criação. Desenhe logos, pense em personagens carismáticas (ou mascotes) e slogans. Tudo que possa criar uma identificação verdadeira com seu público-alvo.

Por último, dê vida à marca! Explore tecnologia de computação gráfica e crie uma identidade visual estabelecendo cores, tonalidades, formas, entre outros pontos.

A construção da sua marca deve refletir um mesmo caminho a ser percorrido pela organização e pelo cliente. Essa técnica parece apenas um conceito de marketing, mas representa uma verdadeira estratégia de fidelização de clientes.

 

 

Quais as melhores práticas de gestão de marca?

Mesmo antes do advento da internet — por meio do rádio, da televisão e do jornal —, era possível estabelecer uma comunicação com o público e conquistar um maior reconhecimento da marca. No entanto, precisava de um alto investimento e os resultados demoravam a aparecer.

Hoje, a internet é uma alternativa muito mais econômica e flexível em relação a essas mídias tradicionais. Aliás, pode funcionar como o principal ou o único canal para as ações de branding. Com uma boa estratégia de branded content, dá até para “viralizar” um conteúdo e gerar um alcance expressivo de pessoas de forma mais rápida e barata.

Várias empresas passaram a gerar conteúdo online para reforçar suas marcas. Além de conquistarem maior reconhecimento, também obtiveram retorno em aumento de vendas.

A gestão de marca é um trabalho estabelecido e que traz retorno a longo prazo. Veja, a seguir, as principais práticas para aplicar o branding em seu marketing digital.

 

Crie uma identidade visual

Pense em todas as formas de representar visualmente sua empresa. A melhor tecnologia para auxiliar nesse processo é a computação gráfica. Aloque pessoas criativas e competentes para participar dessa etapa.

Desenvolver uma identidade visual de excelência envolve a criação de:

  • um logo que possa assumir formatos e tamanhos adequados às diferentes mídias utilizadas;
  • um manual padronizando cores, códigos, fontes e aplicações verticais ou horizontais;
  • um estilo único, a fim de diferenciar a sua marca das demais.

 

Estabeleça sua estratégia

Quando chegar nessa fase, é fundamental pensar em aprofundar a percepção da sua marca por parte do cliente. Além do estilo, busque conectar o público-alvo com os valores da empresa. Geralmente, eles não são visuais, mas transmitem o propósito da organização e trazem as pessoas para mais perto da sua marca.

Para ajudar você a criar uma boa estratégia de branding, separamos as seguintes dicas:

  • crie uma personalidade para a sua marca — pense nos adjetivos que poderiam classificá-la para uma imagem mental no cliente;
  • estabeleça um tom de voz — de acordo com a marca, ele deve ser descontraído ou firme, com uma linguagem mais técnica ou mais informal;
  • atue mais fortemente nos canais preferenciais do seu público — descubra se o cliente prefere interagir mais via e-mails ou redes sociais, por exemplo;
  • gere conteúdo de qualidade — isso contribui com a visibilidade e aumenta o destaque, bem como pode melhorar a influência digital da sua empresa.

Viu que trabalho interessante? Aumente o seu próprio envolvimento com a marca e, também, o de seus colaboradores e líderes. Conquiste a tão sonhada credibilidade com seus superiores começando por vender essa excelente ideia!

Que tal iniciar agora mesmo as melhores ações de branding na sua empresa? Siga-nos nas redes sociais para acompanhar mais conteúdos sobre gestão de marca e vários outros temas. Estamos no Facebook, no Instagram, no Vimeo e também no YouTube!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.